Acessar

Memórias do Integralismo no Vale do Itapocu e Jaraguá do Sul

O Museu Histórico “Emílio da Silva” tem a missão de salvaguardar o patrimônio museal, bem como a memória e a história dos fatos históricos ocorridos na região.

Assim, entre os fatos políticos marcantes do século XX, em Jaraguá do Sul, destacamos que através do movimento integralista, o Senhor Leopoldo Augusto Gerent, torna-se o primeiro prefeito eleito deste município, para a gestão entre os anos de 1936 a 1938.

É importante afirmar que esse foi um acontecimento político singular na história da cidade, pois a ideologia conservadora preconizava o lema: Deus, Pátria e Família.

Durante os anos 30, época da propagação dos ideários do integralismo, a doutrina contagiou boa parte dos cidadãos, principalmente de ascendência germânica, suábia, húngara e italiana.

Dessa fase política de Jaraguá, há ricas histórias que ainda estão presentes no imaginário coletivo da cidade.

Em detrimento da repercussão histórica do movimento político que marcou a história da cidade, o Museu Histórico “Emílio da Silva” organizará uma mesa redonda, com a presença do Senhor Guilherme Jorge Figueira, jurista e pesquisador nacional do legado do integralismo.

A iniciativa visa recordar as lembranças dos 78 anos dos acontecimentos ligados a doutrina do integralismo, que marcou presença ideológica no Vale do Itapocu e, mais especialmente, em Jaraguá do Sul. Assim, o os participantes terão a oportunidade de compartilhar elementos de historicidade, aguçar opiniões e fazer suas críticas.

Além disso, uma exposição de objetos com raro valor histórico-cultural marcará o evento, quando a mesma será apresentada ao público revelando a sua dimensão simbólica do legado do integralismo e seus heróis, em defesa da tríade: Deus, Pátria e Família.

Ademir Pfiffer
Historiador




Correspondências

Caixa Postal 1156 - CEP 01032-970
São Paulo, SP
cps@pliniosalgado.org.br